Como estudar na véspera do ENEM

C

Faltam duas semanas para o Enem, ainda adianta estudar? Sim!! Agora é a hora de resolver provas antigas, fazer redações e se der tempo fazer simulados. 

Já fiz alguns posts sobre a importância de estudar com base nas provas antigas ou como passar no ITA, mas a verdade é que esse método de estudar deve ser usado na preparação para qualquer prova, não importa se é o Enem, fuvest ou unicamp, as provas antigas são fundamentais para a preparação.
Pergunta: algumas semanas antes da prova devo continuar estudando meus livros e apostilas do colégio?
Naaao! Vou explicar.
Alguns cursinhos terminam a matéria em setembro, outros a acabam algumas semanas antes da prova do Enem. Então é comum que o aluno ainda não tenha visto toda a matéria nem na véspera do Enem.
Neste caso, vamos pensar nas dois métodos de estudar:
  1. Continuar o estudo da teoria e tentar “ver tudo” antes do Enem
  2. Resolver provas antigas e fazer simulados
A opção 1 pode parecer melhor, porque a gente quer ir pra prova o mais preparado possível, mas a melhor preparação vem com o treino de questões, de raciocínio nas diversas disciplinas,  de velocidade, de atenção aos detalhes pra não errar contas.
É melhor perder algumas questões por não saber a matéria e acertar as outras que estão afiadas do que ir pra prova “sabendo tudo” sem nenhum treino e não conseguir fazer nem metade da prova por falta de velocidade.
Vale lembrar que é raro o aluno saber toda a matéria do Enem, porque conforme a prova se aproxima ele vai se esquecendo dos conteúdos vistos no começo do ano. Como a gente pode eliminar esse esquecimento? Resolvendo questões e provas antigas e fazendo simulados. Porque sempre cai alguma questão dos assuntos vistos no começo do ano, o que é suficiente para revisar a questão.

Dessa forma, algumas semanas  antes da prova o estudo ideal poderia ser:

  1. Fazer redação e ler sobre possíveis temas
  2. Fazer as provas antigas
  3. Fazer revisão ENEM com simulados específicos para a prova do Enem ou da fuvest
Vou começar sobre redação que é o mais fácil de explicar: como fazer boas redações. Boas redações se sustentam em 3 pilares: bons argumentos, boa estrutura de texto e ausência de erros (linguagem culta). Recomendo muito o projeto redação,  lá você encontra temas de possíveis redações muito bem explicados e com várias dicas de argumentação. Os corretores do projeto redação corrigem fazendo a mesma análise que os corretores do Enem. Então assim só fica falando não errar português, isso também se resolve vendo a correção das suas redações. Um ponto importante é: não se desespere se a nota das suas primeiras redações for muito baixa. Isso é natural, quando a gente começa a escrever não conseguimos manter a coesão ou a coerência nas ideias. Mas uma meia dúzia de redações depois sua nota aumenta bastante. Por isso, treine redação! Vale muito na nota!
O projeto redação tem várias opções de assinaturas que permitem uma quantidade determinada de redações por mês. Você pode mandar várias redações hoje mesmo que eles corrigem em poucos dias.
Vale lembrar que pra quem vai fazer fuvest, unicamp, unesp ou outras federais ou estaduais, a redação também conta muito. Aqui mostramos que 20% da nota da Unicamp, por exemplo, é de redação. Fazemos essa análise também para a Unesp e Fuvest.
Depois da redação precisamos resolver provas antigas, aqui no resumov temos desde o ano 2014, totalizando 3 anos de prova. Se você nunca fez uma ou se não sabe como resolver algumas questões vá em frente e faça a prova. Recomendo começar por 2014, depois 2015 e por último 2016.
Existem outros sites com a resolução desde 2009 também, a diferença é que a resolução é mais curta e menos explicada, como por exemplo a do objetivo.
Agora vou falar como realmente estudar as questões da prova do ano anterior.
Pra começar, seriam 180 questões pra serem feitas em uma semana ou menos. É bom estabelecer um tempo proporcional ao tempo de prova para responder as questões. Por exemplo, se são 90 questões para 4 horas, imagine que vai levar 30 minutos para preencher o gabarito. Então seriam 90 questões para 3 horas e meia, o que dá 2,3 ou um pouco mais de 2 minutos por questão. Faça a prova pensando que tem 1 minuto e meio por questão, porque algumas questões vão precisar de 5, 6 ou 7 minutos.
Leia o enunciado e veja se é possível resolver, se conseguir faça, caso contrário leia a solução, estude cada detalhe. Continue até acabar a prova.
Existe muita dúvida nessa parte, então vou explicar melhor,  você está começando, está na questão 1, leia a questão e veja se consegue resolver sozinho. Se não conseguir,  você pode ver a resolução,  não passe muito tempo tentando resolver, se não está saindo veja logo como se resolve. Conforme você vai resolvendo, separe as questões mais difíceis ou que deixaram dúvidas. Depois tente refazê-las, sem olhar a resolução. Por mais absurdo que pareça, nesse tempinho você vai esquecer várias, é normal, vá  fazendo até conseguir fazer todas as questões que causarem dúvida.
Pode ser interessante dar uma estudada rápida em alguns assuntos para acabar com dúvidas que a prova resolvida não tenha sido capaz de responder. 
Depois faça as provas dos outros anos. Ao longo do tempo é bom separar as melhores questões para revisar, essa escolha depende de você, pode ser as questões que resumem uma determinada matéria, ou pode ser as questões mais difíceis que não foram completamente entendidas.
Com o passar do tempo você irá perceber um padrão daquilo que mais cai e como cai, vale rever os conteúdos  mais frequentes que não estão muito claros pra você.

Um ponto importantíssimo é fazer simulados no estilo do Enem. Com os simulados você treina os conhecimentos, a velocidade de raciocínio, aprende a pular questões que não sabe fazer, ou seja, é uma das melhores atitudes pra quem quer passar. Encontramos os seguintes simulados grátis:
Além disso, você pode ver vídeos de revisão da matéria nos cursinhos online, e eles contam com simulados perfeitos para treinar nessa reta final.
Revisão Descomplica, veja nossa análise sobre o descomplica aqui.
Revisão Kuadro (turmas Med, IME/ITA e extensivo)
E lembrando, um dia antes do ENEM você precisa relaxar. Ir passear, curtir a família. A meta é ir pra prova com tranquilidade.
Bom, é isso! O que você acha dessas sugestões?
Será que algum amigo gostaria dessas dicas? Compartilhe!
Bons estudos pessoal,

Sobre o autor

Susane Ribeiro

Eng. Aeronáutica do ITA. Turma 2009.

Sobre mim

Your sidebar area is currently empty. Hurry up and add some widgets.